Voltar ao topo.Ver em Libras.

Como o gerenciamento inteligente de dados pode impulsionar a inovação#

« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:levando, infinidade, possibilitam, soluções, satisfação, performance, visão e integrados1005 palavras16 min. para ler
Como o gerenciamento inteligente de dados pode impulsionar a inovaçãoVer imagem ampliada
O gerenciamento de produtos requer inovação constante. Seja com a aplicação de mudanças simples e incrementais ou com a criação de algo disruptivo, o ponto é que os clientes, hoje, esperam que as marcas inovem. Estudos apontam que 65% dos clientes mundiais valorizam quando os fabricantes oferecem novos produtos. Vale dizer, no entanto, que a inovação não é apenas uma questão de elevar o orçamento de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D). De acordo com uma série de levantamentos, marcas que investem pesadamente em P&D não são necessariamente mais inovadoras do que aquelas que não investem grandes quantias nesses processos de criação e pesquisa.

Inovação e a aplicação de mais recursos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) não garante a obtenção de melhores resultados. Diante disso, como as empresas deveriam fazer para avançarem nessa jornada?

É exatamente nesse ponto que os dados fazem toda a diferença. Ao melhorar a forma como as equipes gerenciam, compartilham e enriquecem as informações que alimentam seus sistemas e fluxos de trabalho empresariais, as organizações finalmente poderão eliminar ineficiências e desenvolver processos que geram um novo nível de inovação e valor comercial. Assim, as companhias podem aplicar decisões mais precisas e orientadas por dados em todas as suas estruturas e departamentos.

O grande desafio para a utilização desses insights dentro do fluxo de trabalho, no entanto, é que a maioria das empresas ainda tem de conviver com dados ausentes e imprecisos. Nesses casos, mesmo as empresas mais bem-sucedidas acabam empregando processos de desenvolvimento de produtos menos eficientes. Os estágios iniciais de ideação e design tendem a envolver muitas conversas, e-mails, telefonemas e planilhas, o que muitas vezes resulta em uma confusão de dados duplicados e desorganizados que são perdidos, esquecidos ou negligenciados. Assim, as informações não estruturadas ou díspares acabam perdendo coesão e atrapalham a inovação porque não capturam e usam coletivamente todas as informações disponíveis.

Ideias que poderiam render bons frutos não são incorporadas ao processo de desenvolvimento porque nunca são documentadas ou compartilhadas de forma integrada. Em última análise, esse é um desafio de fluxo de trabalho porque faltam dados para que a tomada de decisões (sobre produtos, marketing, engenharia, vendas, atendimento ao cliente e outras áreas da empresa) possa ser efetivamente coesa e confiável.

Os desenvolvedores de produtos muitas vezes não têm informações sobre os padrões de compra dos clientes, e os profissionais de marketing não entendem os designs de produtos sazonais que estão por vir. As vendas e o suporte ao cliente também não oferecem experiências adequadas para os consumidores. Tudo isso porque as empresas ainda não são capazes de aproveitar os dados de produtos criados e mantidos em vários canais.

Para reverter esse desafio, é necessário que as organizações ampliem suas iniciativas de desenvolvimento de produtos que inclua a identificação de informações em toda a empresa, além de vincular e distribuir dados entre produtos, clientes, local, funcionários e fornecedores. É aí que o gerenciamento de dados mestre (Master Data Management – MDM, em inglês) pode ajudar.

O MDM fornece estrutura, fluxo de trabalho e acesso, com base em funções, que aprimoram o ciclo de vida do produto por meio de dados de maior qualidade. Esse sistema traz ordem para o enorme volume e variedades de dados, permitindo a visualização mais simples de dados que, antes, eram mantidos isolados, empilhados em uma grande infinidade de formatos. As companhias podem conectar seus sistemas corporativos com fluxos de trabalho de desenvolvimento de produtos integrados, oferecendo uma visão real de 360° sobre a performance dos produtos e a satisfação dos clientes.

Além disso, as soluções de MDM possibilitam que as organizações criem produtos e serviços melhores, aplicando a inovação de forma prática e de maneira continua. O uso dessa tecnologia é fundamental para se ter projetos mais assertivos, mudando a regra do mercado mundial que tem falha em cerca de 85% dos novos produtos nos dois primeiros anos. A persistência em modelos de negócios ruins, incapazes de utilizar e aproveitar as oportunidades fornecidas pelos dados.

Para essas empresas, o MDM é uma solução que melhora as várias etapas do desenvolvimento de produtos, desde o surgimento das ideias até a comercialização e a entrega omnichannel ao consumidor. Com a compreensão integrada do produto (a partir dos dados), as empresas se tornam mais capazes de colocar seus produtos no mercado de forma mais rápida, exibindo seu valor em qualquer canal, e de iniciar seus ciclos de vendas imediatamente com os dados oportunos. Gerentes de produto, profissionais de marketing, representantes de vendas e atendimento ao cliente podem utilizar informações de vários domínios para entender a oferta e a demanda, modelos de preços, sortimentos, estoque, vendas, qualidade e hábitos de consumo para melhorar o desenvolvimento de produtos futuros.

Isso também melhora o planejamento das linhas de ofertas. Os gerentes de produto podem usar dados estruturados e de alta qualidade para revisar estratégias de lançamentos ou para determinar quais itens precisam ser descontinuados do portfólio. A riqueza de dados ajuda a conectar informações, nas quais as organizações podem identificar o desempenho e a receptividade do produto no mercado.

Todas essas melhorias de negócios se originam de dados de maior qualidade. O que a ferramenta de MDM faz é fornecer um ambiente centralizado para melhorar a precisão e integridade de informações críticas que envolvem os produtos, clientes, fornecedores, locais e muito mais.

A aplicação do Master Data Management é uma solução para melhorar o ciclo de vida do produto, trazendo um novo nível de inteligência orientada por dados. As companhias podem reduzir o custo e aumentar a velocidade de lançamentos de produtos, bem como eliminar as lacunas de comunicação para melhorar a integração e o atendimento ao cliente. Além disso, esses sistemas oferecem suporte a novos modelos e iniciativas de negócios, como iniciar e aprimorar os canais on-line que oferecem suporte aos seus esforços na loja. Em uma era baseada em conectividade e integração, o MDM é um caminho prático para transformar as informações em um ativo estratégico preparado para agregar valor aos processos de planejamento, desenvolvimento, fornecimento e vendas, levando e oferecendo real inovação ao cliente.

Fonte:https://cio.com.br/como-impulsionar-a-inovacao-com-o-gerenciamento-inteligente-dos-dados/