Voltar ao topo.Ver em Libras.

Quais indústrias já estão usando a Realidade Virtual e como?#

« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:tv, retorno, fácil, rápida, produtos, capazes, engenheiros e designers1239 palavras20 min. para ler
Quais indústrias já estão usando a Realidade Virtual e como?Ver imagem ampliada
A Realidade Virtual tem sido uma tecnologia de tração lenta. O primeiro headset comercial, o Oculus Rift VR, foi lançado em 2013, e ainda estamos muito distantes do tipo de experiências cinematográficas e imersivas que têm sido a pedra angular de nossa ficção científica desde que o termo `Realidade Virtual` foi usado pela primeira vez neste contexto, em "The Judas Mandala", um romance de Damien Broderick sobre viagens no tempo, de 1982.

A RV tem um enorme potencial nos domínios de jogos, filmes e entretenimento em geral, mas o número de casos de uso corporativo vem crescendo em todos os setores, desde a arquitetura até o design de fabricação e o turismo.

Aqui estão algumas das indústrias que já flertam com a RV hoje, com algum sucesso.



1 - Terapia


Embora ainda esteja nos estágios iniciais, a RV está começando a ser usada em ambientes terapêuticos para ajudar os pacientes a superar seus medos.

No Reino Unido, a Oxford VR desenvolveu um protótipo para ajudar pessoas com medo de altura. O programa envolve pacientes usando o headset sendo transportados para o andar de cima de um shopping, onde devem superar uma série de desafios.

Agora, a equipe está desenvolvendo tratamentos semelhantes para psicose e TOC.

2 - Fitness

Lembra da mania do Wii Fit? A simbiose entre fitness e tecnologia evoluiu muito desde então. Seu ginásio local pode apresentar aulas de spin conduzidas por um instrutor virtual, mas as empresas de tecnologia de hoje estão empurrando os limites para muito mais longe.

O Samsung VR Gear é um headset que proporciona uma das mais incríveis experiência de condicionamento físico imersiva. No Oculus Rift também, você pode iniciar alguns programas de treinamento de alta intensidade, como o viciante jogo Fruit Ninja, no qual você deve cortar frutas transportadas pelo ar com um facão (virtual).

A empresa suíça Holodia cria mundos de RV para academias, para uso em equipamentos de ciclismo e remo.

3 - Automotiva

As principais marcas do setor automotivo, como Ford, Volvo e Hyundai, têm usado a RV para mais do que apenas processos de negócios e, desde então, mudaram os processos de design, segurança e compras.

O design do veículo requer melhoria contínua, revisões e testes. E é um dos estágios mais caros e demorados na fabricação de automóveis. Toda vez que uma equipe inicia qualquer modificação em um modelo existente, eles precisam criar um novo modelo.

Usando a Realidade Virtual, os projetistas de automóveis podem reduzir significativamente o custo e o tempo do projeto, visualizando o exterior de um veículo virtualmente, em vez de criar um novo modelo físico na proporção de 1: 1 cada vez que fazem algumas alterações em um protótipo.

Além disso, uma equipe de projeto pode implementar a modificação do exterior do carro em tempo real usando modelos virtuais. Também houve outras implantações de RV na indústria, como mostrar os perigos da condução insegura, conforme demonstrado pela Toyota em parceria com a Oculus Rift em 2015.

4 - Saúde

Na área da saúde, a RV tem sido usada de várias maneiras para simplificar os processos cirúrgicos. Por exemplo,  uma cirurgia pode ser visualizada em 360 graus e em tempo real em todo o mundo usando aplicativos de RV.

Há também mais aplicativos sendo projetados para ajudar a aprender sobre os pacientes e examiná-los da mesma forma que um profissional de saúde faria na realidade. Além disso, a Realidade Virtual tem a capacidade de transportá-lo para dentro do corpo humano - para acessar e visualizar áreas que, de outra forma, seriam impossíveis de alcançar.

A Medical Realities é uma das empresas pioneiras no uso da Realidade Virtual para fornecer treinamento cirúrgico de alta qualidade. Eles filmam cirurgias em 4K e 360 graus, de múltiplos ângulos, que combinados com modelos CGI fonecem uma experiência de treinamento imersiva e interativa.

Em 2020, esse mercado pode movimentar mais de US $ 3,8 bilhões.

5 - Turismo

Empresas de viagens e hospitalidade têm aproveitado a RV para mostrar destinos e acomodações. Isto significa que os hóspedes podem explorar virtualmente os destinos antes da reserva.

A Thomas Cook e  a  Samsung Gear VR são um exemplo. Se uniram para fornecer uma visão realista das localizações da Thomas Cook em todo o mundo, gerando 40% de retorno sobre o investimento nos primeiros três meses.

6 - Aeroespacial

A Realidade Virtual na indústria aeroespacial desenvolveu um longo caminho. Usando a tecnologia, designers e engenheiros são capazes de criar produtos de maneira mais rápida e fácil, graças à ajuda de testes comportamentais e visualização.

Também reduz os custos para o engenheiro, pois pode haver menos dependência da necessidade de investir em protótipos caros.

7 - Arquitetura

A Realidade Virtual tem a capacidade de transformar a maneira como os arquitetos projetam edifícios e sites. Isso ocorre porque a tecnologia permite que os arquitetos experimentem diferentes aspectos do processo de design, como iluminação, material e layout.

Ele também pode ajudar a oferecer aos clientes tours virtuais, semelhantes à indústria do turismo, de suas novas casas e edifícios antes de comprar.

A RV também minimizará a necessidade de revisões e reconstruções, pois o feedback pode ser fornecido de maneira mais direta.

8 - Educação

A RV progrediu drasticamente no setor de educação, transformando a experiência de aprendizado para alunos e professores. O conteúdo imersivo e interativo pode ser acessado em larga escala em qualquer lugar.

O Google, por exemplo, começou a oferecer seu software "Google Expeditions" para alunos e professores por meio de um aplicativo em 2017. A ideia era permitir que os alunos vivenciassem partes do mundo como se estivessem lá.

9 - Varejo

A RV tem sido uma forte fonte de transformação na indústria com o aumento das compras inteligentes. Lojas de varejo populares como a IKEA puderam exibir móveis para dar aos clientes uma visão de como ficaria em seus arredores antes de comprar. Este recurso está disponível através do aplicativo da empresa.

Outros varejistas como Adidas e Nike usaram a RV para permitir que os clientes experimentassem virtualmente roupas e calçados.

10 - Finanças

O setor financeiro também aderiu à RV, com o lançamento de vários aplicativos bancários para fornecer mais experiências bancárias digitais.

Por exemplo, o BNP Paribas lançou seu aplicativo VR em junho de 2017 para permitir que os usuários acessem a atividade de sua conta em um ambiente de RV, juntamente com um aplicativo separado que oferece uma visita guiada de etapas para comprar uma casa.

11 - Marketing

O Marketing é um dos primeiros setores a explorar a RV, proporcionando experiências mais envolventes para empresas e clientes.

Um exemplo é a Volvo, que desenvolveu seu primeiro disco de teste de realidade virtual do Volvo XC90 para oferecer aos clientes a chance de testar o carro a qualquer momento. Este foi entregue em 2014 com um aplicativo usando o headset Cardboard VR,  do Google.

12 - Manufatura

A RV está há muito tempo em andamento na indústria de manufatura, impulsionando a ascensão de veículos autônomos em todo o mundo.

A Ford foi um dos primeiros fabricantes a utilizar a tecnologia em 2015, quando começou a usar a RV para projetar novos veículos em seus laboratórios de imersão e inovação nos EUA.

Outros como a BAE Systems e a General Motors também estão testando a RV.



13 - Cinema e entretenimento


Vários filmes foram lançados para oferecer experiências de realidade virtual, com muitos diretores de Hollywood participando de projetos que usam tecnologias de RV.

Um exemplo é um curta-metragem de RV chamado `Wild`, que foi produzido como um filme de realidade virtual interativo.

E os usuários do Samsung Gear VR também podem assistir a alguns filmes e programas de TV em Realidade Virtual.

Fonte:https://cio.com.br/quais-industrias-ja-estao-usando-a-realidade-virtual-e-como/